sexta-feira, 30 de março de 2012

Segurança nos Bairros Municipais

Para fazer face às muitas situações de ameaça à integridade das pessoas e do património resultantes de situações criadas por pessoas não habilitadas para o efeito, a Gebalis prepara-se a aquisição de serviços na área da segurança, tendo em vista o levantamento de situações de gritante perigosidade existentes nos Bairros Municipais. Ligações clandestinas de gás feitas ao lado de ligações clandestinas de electricidade, elevadores vandalizados, ligações clandestinas de água que provocam sérios danos no património, são assuntos cujo levantamento deverá ser feito. A finalidade é a criação de plataformas de entendimento com concessionárias e entidades fiscalizadoras para a resolução destes problemas.

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

As notícias...

Com o aproximar DISTO começaram a levantar-se preocupações no espirito de algumas pessoas: aquelas que foram beneficiárias directas do que está em julgamento.
E vai daí:
- umas caminharam direitinhas ao rio para enviar mails anónimos a insultar tudo e todos, mas esqueceram-se do rabo de fora, como o gato...
- outras em conluio fazem queixas parvas, para que se fale de tudo menos do que está em causa, e que as incomoda muito...

Quem trabalha no duro, aqui nos Gabinetes de Bairro e que sabe a história da empresa porque cá está desde quase o seu princípio, percebe que são lágrimas de crocodilo de quem nunca olhou a meios para atingir os seus fins e que, no passado, usufruiu de regalias sem qualquer sentido, muito menos numa empresa com a finalidade da nossa.

Trata-se de gente que nunca quis ordem na empresa porque beneficiou das prebendas que lhes deram. Gente que chegou e abalou mas que continua com lugar reservado por cá: eles eram e são autarcas, eles eram e são sócios e amigos de gente importante, eles são gente que transportou para dentro da empresa os ódios pessoais e partidários que envenenaram o funcionamento de tudo,dos serviços aos Gabinetes de Bairro

Mas do que falamos? Mas afinal quem fala de uso e abuso dos carros da empresa? Os que antes de 2008 usavam e abusavam deles? Como demonstra esta fotografia de 2007 com prancha de surf e tudo?


Os mesmos que estiveram mudos e calados (porquê?) quando se passou ISTO e aindaISTO, e maisISTO e tambémISTO e também ISTO, e depois mais ISTO?

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Reestruturação

Notícias de hoje sobre a reestruturação do Sector Empresarial Municipal

O presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, afirmou, esta quinta-feira à noite, estar «inteiramente de acordo com a lei eleitoral autárquica» proposta pelo Governo, avançando ainda que, na próxima terça-feira, anunciará as decisões quanto às Empresas Municipais.

Declarações proferidas à Agência Lusa à margem da cerimónia de abertura da terceira edição do festival Todos, Caminhada de Culturas 2011 que decorre até 11 de Setembro no Bairro da Mouraria.

«Relativamente à lei eleitoral autárquica estou inteiramente de acordo», disse António Costa quando questionado se concordava com a diminuição do número de vereadores e o limitar os cargos de dirigentes superiores e intermédios, que constam das propostas já apresentadas pelo Governo.

Sobre a intenção de o Governo concluir a reforma da Administração Local em 2012, anunciada na quinta-feira, e que inclui extinção de freguesias, alterações à legislação eleitoral e à Lei das Finanças Locais, o autarca de Lisboa «acha bem que avancem».

«Para já não conhecemos as medidas, mas o que tem sido avançado genericamente, parece-me positivo», afirmou António Costa, realçando que o município lisboeta «está sempre disponível para colaborar com o Governo, nesse ou noutro assunto».

Questionado sobre se a autarquia já tem as conclusões do grupo de trabalho criado pela própria Câmara para analisar as reformas que podem ser feitas nas empresas municipais, António Costa adiantou que, na próxima terça-feira, anunciará as decisões.

«Anunciarei na próxima terça-feira durante a Assembleia Municipal pois fará todo o sentido que assim seja», disse o edil.


Diário Digital / Lusa
© Copyright 2011 Diário Digital

domingo, 26 de junho de 2011

Os Nossos Bairros - Horta Nova



ORIGEM DOS HABITANTES: BAIRRO HORTA NOVA

O bairro antigo da Horta Nova foi construído em 1973/1974, totalizando 385 habitações. Foi extinto em 1994. As suas casas provisórias foram substituídas por outras de construção definitiva, iniciadas em 1990 e terminadas em 1993, totalizando 484 fogos e 27 lojas. O bairro de casas provisórias tinha sido concretizado pelo Gabinete Técnico de Habitação. A sua construção foi suportada pelo programa das “casas para famílias pobres”.

Sendo construído no mandato do Presidente da Câmara Municipal de Lisboa Eng.º Santos e Castro, inseriu-se no seu programa de construções habitacionais de rápida concretização, o que justificou a opção pelas casas pré-fabricadas. O espírito que presidiu à construção deste bairro prendia-se com a “urgente” e prioritária necessidade de “iniciar uma acção sistemática” que conduzisse ao desaparecimento das barracas do município de Lisboa, já que o seu número havia duplicado entre 1960 e 1970.

O bairro antigo era composto por habitações pré-fabricadas, unifamiliares geminadas, de R/C e 1.º andar, dispostas em diversas ruas. A tipologia dos fogos variava entre o T1 e o T4. As famílias realojadas eram oriundas de várias zonas da Cidade com obras de urbanização em curso. Uma parte ainda significativa dos fogos foi ocupada pelos próprios operários que se encontravam a construí-los quando ocorreu o 25 de Abril.

Característica deste tipo de habitações provisórias, a degradação foi-se tornando problemática nos 20 anos seguintes, até que se procedeu à sua substituição integral pelas actuais habitações, sendo manifestas as condições condignas em que passou a viver a população. Este bairro desenvolveu-se nos terrenos de uma de muitas quintas existentes na freguesia de Carnide (a Quinta da Horta Nova), de que há referências em documentos antigos.

A Quinta da Horta Nova foi, em séculos anteriores, tal como outras da periferia da Cidade, propriedade de ordens religiosas e de nobres, refúgio dos seus proprietários, sobretudo em épocas de peste e fome que devastavam a Capital.

LOCALIZAÇÃO – Freguesia de Carnide

PROGRAMA DE CONSTRUÇÃO – Bairro provisório do Estado Novo: 360 habitações geminadas, com dois pisos; Programa de Intervenção de Médio Prazo (PIMP): 1.ª Fase: 23 edifícios (247 fogos) construídos entre 1990 e 1991; 2.ª Fase: 22 edifícios (237 fogos) construídos entre 1991 e 1993.

REALOJAMENTO – Realojamento local iniciado e concluído na 1.ª metade da década de 1990.

INÍCIO GESTÃO GEBALIS – 1 de Março de 1996

Nº DE HABITANTES – 1.645

Nº DE LOTES – 45

Nº DE FOGOS EXISTENTES – 484

Nº DE FOGOS GERIDOS GEBALIS – 484

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Os Nossos Bairros - Paço do Lumiar




LOCALIZAÇÃO – Freguesia do Lumiar

PROGRAMA DE CONSTRUÇÃO – Programa Especial de Realojamento para construção de 13 lotes (174 fogos), concluída em 2001.

REALOJAMENTO – Programa Especial de Realojamento para construção de 13 lotes (174 fogos), concluída em 2001.

INÍCIO GESTÃO GEBALIS – 28 de Junho de 2001

Nº DE HABITANTES – 591

Nº DE LOTES – 13

Nº DE FOGOS EXISTENTES – 174

Nº DE FOGOS GERIDOS GEBALIS – 174

EQUIPAMENTOS LÚDICOS/DESPORTIVOS – Parque Infantil

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Feira das Profissões





A Gebalis esteve presente na Feira das Profissões.
Muitos foram os jovens que visitaram o stand da Gebalis e que se informaram sobre as suas actividades e recursos profissionais a que recorre.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Boletim "O Meu Bairro" - Maio



A Gebalis publica um boletim mensal que distribui a todos os moradores, com a informação mais relevante das intervenções e da vida nos Bairros.

Sabia que pode sugerir notícias para publicação?

Leia o Boletim - O Meu Bairro/ Maio AQUI

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Organização Mundial da Família (WFO)


Sabia que a Gebalis é uma empresa aderente da Organização Mundial da Família, tendo sido admitida na reunião do Comité daquela Organização realizado em Dezembro de 2010 em Paris?
Veja os objectivos da Organização AQUI

terça-feira, 19 de abril de 2011

III Encontro das Associações de Base



No passado dia 9 de Abril de 2011, realizou-se o III encontro de Associações de Base local na Escola Pintor Almada Negreiros.

O encontro teve como principal objectivo o debate das questões ligadas à sociedade civil e ao crescente papel de intervenção a que as associações são chamadas.

Veja AQUI

terça-feira, 12 de abril de 2011

Loja da Solidariedade


A Quinta do Lavrado beneficia, desde o início de Novembro de 2009, da intervenção do Programa Cidade Segura. Este Projecto conta com o apoio da Gebalis – Câmara Municipal de Lisboa, e pretende contribuir para a melhoria da qualidade de vida, da mobilidade e da segurança do Bairro.

É ali que está a nascer, também, a Loja da Solidariedade...

Veja AQUI

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Criado o Banco de Bens Doados da Gebalis.




O Projecto visa canalizar móveis diversos e outros objectos de utilidade doméstica e pessoal (electrodomésticos, roupa de casa, artigos de decoração, louças, entre outros)para quem mais necessita.

Os bens a distribuir têm vindo a ser recolhidos pela Gebalis e estão em bom estado de conservação e funcionamento.

Informe-se junto da empresa.

sexta-feira, 25 de março de 2011

Ame & Viva a Vida


São muitas as associações com sede nos Bairros Municipais geridos pela Gebalis.

A associação das Mulheres Mastectomizadas está no Bairro do Loureiro, à Avenida de Ceuta.

Conheça-a AQUI

quarta-feira, 23 de março de 2011

Semana Verde 2011




A iniciativa da Semana Verde vem sendo levada a cabo pela Gebalis há vários anos a esta parte. Este ano a inauguraçãao da Semana decorreu no Centro de dia da Alta de Lisboa, no passado dia 15 de Março, conforme retratam as fotos anteriores.

Trata-se de uma iniciativa que envolve a população, velhos e novos, e que se tem traduzido em sucessos.

segunda-feira, 21 de março de 2011

Agenda 21 - LisboA



Aqui se divulga o 1º Fórum de Participação da Agenda 21 Local de Lisboa(A21L)que incidirá, nesta fase, nas freguesias da Ameixoeira, Benfica, Carnide, Charneca e Lumiar.

A A21L é um processo que, tendo como objectivo tornar as comunidades mais sustentáveis e com maior qualidade de vida, procura:

1 - Identificar o estado do desenvolvimento sustentável no território em
A21L;

2 - Seleccionar os principais desafios e oportunidades;

3 - Definir os vectores estratégicos de intervenção (mobilidade, segurança,
ambiente, etc...);

4 - Propor acções concretas para o território.



Neste contexto, é fundamental que todos os cidadãos que "vivem" o território abrangido pela A21L expressem o seu olhar sobre a sua Freguesia e/ou Bairro.

O Fórum de Participação que decorrerá no dia 23 de Março de 2011 pelas 18h na Escola Secundária José Gomes Ferreira, em Benfica, é uma oportunidade para os cidadãos participarem activamente e ajudarem a construir Boas Soluções!

Para mais informações sobre a A21L de Lisboa leia AQUI